Museu dos Coches recebe crianças deslocadas de Cabo Delgado

Museu dos Coches recebe crianças deslocadas de Cabo Delgado

A partir de 26 de novembro, pode conhecer as fotografias, os percursos e os relatos da fuga de 20 crianças deslocadas de Cabo Delgado, no Museu Nacional dos Coches, em Lisboa.

A exposição “Escola do Caminho Longo”, que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República, resulta da viagem que a escritora Maria João Venâncio e o fotógrafo Luís Godinho realizaram ao norte de Moçambique, em julho, para conhecer a dramática realidade dos mais de 800 mil deslocados, metade dos quais são crianças, que fogem dos ataques armados em Cabo Delgado.

Venha conhecer estas 20 crianças, que tiveram de abandonar as suas aldeias para sobreviver ao ataque dos insurgentes, caminhando centenas de quilómetros, durante vários dias, na tentativa de chegar a um lugar seguro.

São histórias impressionantes, de dor e superação, nem todas com final feliz, apresentadas em painéis que se erguem do chão, com a fotografia das crianças em tamanho real, que nos olham de frente e nos contam, na primeira pessoa, os percursos e as emoções vividas durante este caminho longo.

Com autoria da agência de criatividade Big Fish, o projeto Escola do Caminho Longo é uma iniciativa que surge na sequência do trabalho da Helpo na localização de crianças após a fuga, de forma a proporcionar a continuidade do apoio ao estudo, como acontecia antes do conflito, naquelas regiões.

A exposição está integrada na visita ao Museu dos Coches e poderá ser visitada de terça-feira a domingo, das 10h às 18h, até ao dia 16 de Janeiro de 2022.

 

Partilhar